29 de janeiro de 2009

Azenhas do mar


Hoje, finalmente consegui ir á pesca. Devido ao estado do mar, resolvi ir fazer uma pesca ao fundo ou surfcasting, mais dois amigos, o Bruno e o Carlos isabel.
Foi só mesmo para matar o vício, porque o peixe nem umas picadas deu.


O Bruno ainda tirou uma sargueta, que prontamente devolveu ao mar.


De resto, uma pesca quase sem história, não fosse o banho que o bruno levou, de uma onda caída do céu..(ihihihiih). Foi num entanto uma bela tarde, e só o facto de poder fazer uns lançamentos e o convivio , foi gratificante.
Deixo aqui um pequeno video, apenas para puderem ver o estado do mar.

video

17 de janeiro de 2009

Berlengas

Fomos fazer uma pescaria nas Berlengas, o mar estava de feição, havia pouco vento, embora de leste, algum frio, mas la fomos. Eu o sérgio(sargollini), o mario joão o neto e o pego. Fomos mais alguns amigos aqui do cacém. Chegados á ilha a malta dividiu-se e lá escolheram os pesqueiros que achavam melhores.
Nesse dia ja depois da malta regressar ao porto de abrigo, a desolação era geral...pouco peixe, mesmo muito pouco. Uns para ali, outros para acolá e o resultado era o mesmo, 2 ou mesmo 3 peixes a cada um.. mesmo muito mau. Valeu pelo convivio e as belas febras á noite com um cafézinho quentinho. Logo de seguida estava na hora de preparar o melhor local para passar a noite e descansar. Bem, no outro dia o resultado foi mais ou menos o mesmo, pouco peixe, via-se alguns sargos a virar a barriga, mas tirando um os outro logo desapareciam. Enfim, espero lá voltar brevemente, e que os sargos la andem com fome.







video
De qualquer das maneiras foi um fim de semana espetacular........BERLENGAS....até breve..

6 de janeiro de 2009

NEM Á BOIA..

eu mais o amigo terrinca, resolvemos ir fazer uma boia, só para desenjoar do spinning. Fomos até ao abano, mas estava tudo ao contrario. A maré a vazar, o vento não ajudava, já que vinha com alguma intencidade, e bastante frio. Ainda tentámos, eu ao pião e o terrinca á chumbadinha. Mal conseguia lançar o pião, e á chumbadinha, cada tiro cada melro. O mar estava com bastante força, ora entrava com muita força ora quando despraiava, ficavam as pedras todas de fora. Bem, vamos mudar de sitio. Viemos por ali fora, direitos ás furnas, tentamos o mexilhoeiro, mas depressa voltamos ás furnas. Dissemos: vamos tentar aqui, engodamos ,se der deu, senão, que se lixe, matamos o vicío e depois vamos embora. Assim fizemos, ainda ligamos ao sergio(sargollini) era meio dia, mas estava a levantar-se da cama ainda...Engodámos bem, mas como prova o video, estava mesmo impossivel. Valeu mesmo só para matar o vicío..Espero que o mar caia, e que o peixe volte a colaborar..Melhores dias virão...1 abraço ao amigo Terrinca, que tudo tentou.
video
video